05/06/11

Irmãão ♥

7 anos; há 7 anos que te tenho do meu lado; que aturo as tuas birras, o teu mau humor, mas também os teus carinhos, os teus mimos, as tuas brincadeiras... Também tu aturas o meu mau feitio, o meu mau humor; tens uma paciência de santo, obrigada!

Por incrível que pareça quando estamos separados sentimos a falta um do outro. não nos "largámos". São alguns momentos que me fazem feliz contigo. Porque apesar de todas as nossas brigas, zangas, discussões; de todas as porcarias que fazemos um ao outro, temos os nossos momentos queridos e de verdadeiros irmãos; os momentos em que mostramos um ao outro o que realmente sentimos.

Não me arrependo de tudo o que já fiz por ti até ao dia de hoje e orgulho-me de ti...

Obrigada; obrigada por seres o pior irmão, mas sobretudo por seres o melhor irmão.

Por ti fiz a maior e melhor prova de amor que podia fazer por alguém.

És o meu pequenino; és o orgulho da mana; a minha felicidade; a minha razão de viver; o homem da minha vida; o meu tudo!

Por ti e somente por ti, dou a minha vida!




Amo-te Gustavo (L)

16 comentários:

  1. gostas de todos os meus textos minha querida--'
    gostei disto*

    ResponderEliminar
  2. já deu para ver que sim minha querida --'

    ResponderEliminar
  3. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog "história que me contam na . Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs


    Narroterapia:
    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Gostei deste post ;D
    Olha tenho um blog recente, queres passar lá e dar a tua opinião?' :D
    umpoucowdetudo.blogspot.com
    - seguindo, segues tb pf?'

    ResponderEliminar
  5. Adorei seu blog, os textos, a estética, td de muito bom gosto, me identifiquei e pretendo voltar mais vezes...já estou te seguindo, se puder, por favor me seguir também eu ficaria mega feliz...
    www.paullolenore.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. tenho um irmão de 6 aninhos e percebo perfeitamente o que queres dizer. amo-o mais do que qualquer outra coisa!

    ResponderEliminar